Fórum / Ombro e Cotovelo



Relato sobre fratura de úmero proximal

Um caso chato...

25/04/2021
25/04/2021

Estava eu tranqüilamente me preparando para iniciar um final de semana livre de plantão quando um colega do interior me liga e pergunta: você está por aqui?
Notei que o tom da conversa estava mais para "preciso de uma grande ajuda com uma bucha" do que "preciso passar um plantãozinho"... E eu estava certo.

Pra resumir, uma criança de 12 anos e 113 kg caiu de patinete e... adivinhe? Fez uma fratura luxação fisária do úmero proximal direito. Os dois plantonistas da ortopedia ficaram, com razão, com um pouco de receio de abordar o caso sozinhos pelas características do paciente e fratura.

A cidade em questão, onde também trabalho, ficava há uma hora e meia de onde eu estava naquele momento. Acabei pegando minhas coisas e indo direito para lá. No fim consegui, até para minha própria surpresa, realizar a redução de forma incruenta. E aí foi "só" fixar percutâneo (infelizmente sem os ideais fios rosqueados).

Compartilho aqui as imagens pré e peri operatórias. Vou trazendo a evolução para vocês...
Um caso bastante difícil e altas chances complicações, mas em nível de "vida real" do ortopedista brasileiro, fiquei satisfeito com o resultado.

O que acharam? Fariam diferente?

#ombroecotovelo #fraturafisária #fraturaluxação #vidareal


Luiz
Luiz Giglio
Médico Ortopedista e Traumatologista| Especialista em Cirurgia de Ombro e Cotovelo | Diretor Chefe de Tecnologia no PedraMadeira

278
7
0
7

Comentários

Lucas Seiki
Lucas Seiki Yamauti
Caso bucha e raro. Acho que nunca peguei um caso parecido no plantão, também pediria ajuda para alguém, igual ao colega.
Um pergunta: se faz necessária a fixação da fratura mesmo conseguindo uma redução incruenta nesse caso?
2
0
25/04/2021

Luiz Giglio
Pois é... fiquei feliz em poder dar uma mão para os caras. E sim, é necessário fixar porque a chance de desvio é praticamente certa... Lesão fisária, muita atuação musculotendínea , as imobilizações são pouco eficientes, e por aí vai.
2
0
25/04/2021

Henrique
Henrique Schaffhausser
Caso muito bem conduzido. Essas fraturas são de difícil abordagem, ainda mais se tratando de um paciente com essas características. E pra ser sincero, jamais imaginaria conseguir uma redução incruenta. Parabéns
2
0
26/04/2021

Luiz Giglio
Obrigado! Eu também não estava levando muita fé que iria reduzir incruento... mas sempre valem aquelas 2 tentativas da sorte!
0
0
26/04/2021

Vitor
Vitor La Banca
Muito bom o resultado, parabéns.
Se tivesse que abrir teria fixado com fio também?
(Imaginando acesso a qualquer implante, claro)
1
0
26/04/2021

Luiz Giglio
Acho que minha primeira opção, mesmo cruento, seria a fixação com fios. Isso pela idade e também do material disponível. Como faria?
1
0
26/04/2021

Vitor La Banca
Provavelmente fio mesmo. Talvez rosqueado.
1
0
26/04/2021

Fernando
Fernando Towata
A pergunta que não quer calar, como evoluiu? Você tem acompanhado?
1
0
26/04/2021

Luiz Giglio
Ele está acompanhando no ambulatório do colega. Há umas duas semanas ele me ligou e disse que o guri estava evoluindo bem. Vou tentar conseguir umas fotos e a amplitude de movimentos mensurada com goniômetro.
1
0
27/04/2021

Douglas
Douglas Ikeuti
Excelente resultado!!!
Com certeza eu teria feito o mesmo que o seu colega do interior.. ligado e pedido socorro!!
1
0
26/04/2021

Luiz Giglio
Só estou esperando aquele pilão/Lisfranc/tálus/navicular catastrófico pra te ligar. Networking!
1
0
27/04/2021

Marcos
Marcos Monteiro
Eu tive uma fratura bem semelhante no meu umero esquerdo quando tinha 12 anos também. Felizmente evoluí bem, com uma discreta limitação de rotação externa apenas.
Mas é um caso desafiador.
A redução incruenta foi uma retribuição divina a tua disponibilidade de atuar nesse caso e auxiliar essa criança.
Parabéns pelo resultado do procedimento.
1
0
27/04/2021

Luiz Giglio
Valeu, Marcos! Bom saber que tu ficou bem...
Sobre a retribuição divina: deve ter sido isso mesmo, porque ninguém na sala acreditou quando reduziu!
Fico feliz em ter podido ajudar os colegas e, principalmente, o guri.
0
0
27/04/2021

Whatsapp

Oi! Como o PedraMadeira pode te ajudar?